Fale Conosco
:: Quinta-feira, 19 de Outubro de 2017
A A A







Valid XHTML 1.0 Strict  CSS válido!

Sensoriamento Remoto Aplicado à Agricultura

A linha de P&D em Sensoriamento Remoto Aplicado à Agricultura objetiva gerar conhecimentos e metodologias voltadas para: estimar área plantada e produtividade de culturas agrícolas; avaliar o desempenho e potencial de novos sensores; desenvolver métodos de processamentos de imagens; incorporar a tecnologia de SIG e de GPS para auxiliar na análise das imagens; contribuir de forma efetiva na elaboração de métodos e sistemas operacionais para estimativa e previsão de safra. São usadas imagens de sensores de média resolução espacial (Landsat/TM ou ETM+, CBERS/CCD, SPOT...) e baixa resolução espacial (NOAA/AVHRR, CBERS/WFI, MODIS, SPOT/VEGETATION). Eventualmente, imagens de sensores de alta resolução espacial são também utilizados em pequenas áreas para fins de amostragem (IKONOS, Quick Bird).

Equipe:

Márcio de Morisson Valeriano
Maurício Alves Moreira
Oton Osório de Barros Neto
Valdete Duarte

Nesta linha de P&D, são desenvolvidos métodos e técnicas que se enquadram em diferentes categorias:

  • Imagens óticas e de microondas na estimativa de área plantada com culturas agrícolas;


  • Imagens de sensores com alta freqüência de revisita no suporte à estimativa de produtividade de culturas agrícolas por meio de modelagem agrometeorológica;


  • Uso de técnicas de sensoriamento remoto, geoprocessamento e sistemas amostrais para estimativa de área plantada com grandes culturas em nível municipal, regional, estadual e nacional;


  • Experimentação agronômica para o estabelecimento de relações entre variáveis espectrais e parâmetros biofísico.
Links Relacionados