Você está aqui: Página Inicial

San Vicente de Cañete, Perú

IMAGEM DE ABRIL/2020

VOTE para a imagem do próximo mês em instagram.com/dsr.inpe


San Vicente de Cañete, Perú

Satélite / Satellite: CBERS-04
Sensor: MUX
Data / Date: 02-03-2020 / 2020-02-03
Bandas / Bands: R7-G6-B5
Onde / Where: San Vicente de Cañete, Perú
CBERS04: 188 / 115
Descrição / Description: 
Pluma de sedimentos do Rio Cañete no Oceano Pacífico em São Vicente do Cañete, Perú. No alto à esq. o famoso pico de surf de Cerro Azul. Em branco, no mar, espuma das ondas quebrando. Em marrom águas carregadas de sedimentos do rio. Em preto e azul escuro, águas claras. No continente o padrão quadriculado são lotes de agricultura irrigada, principalmente com frutíferas, como videiras e macieiras, batata, algodão e milho.  Em amarelo claro deserto. Áreas urbanas em salpicado / Cañete River sediment plume on the Pacific Ocean at Peru´s San Vicente de Cañete.At image top left is the famous Cerro Azul surfing spot. In white, at sea, crashing waves foam. In brown river sediment ladden waters. In black and dark blue, clear waters. Checkered pattern on the continent are agriculture plots, mostly fruits like grape vines and apple trees, potatoes, cotton and maize. Desert appears in yellow and urban areas in saltpepper.
Autor / Author:  Oton Barros (DSR/OBT/INPE)


        As diretrizes básicas da Divisão de Sensoriamento Remoto do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais são:


Pesquisa: Conhecer, fazer e divulgar pesquisa criativa e de alta qualidade e integrá-la no programa educacional de pós-graduação.

Educação: Contribuir e aprimorar continuamente o programa de pós-graduação em sensoriamento remoto, buscando sempre sua excelência.

Extensão (serviço/difusão): Promover ações de qualidade que atendam e estimulem demandas locais, regionais e nacionais para o uso, conhecimento e aplicações de técnicas de Sensoriamento Remoto.